Publicidade

Publicidade
06/03/2009 - 16:35

Deep rock ‘n roll

Compartilhe: Twitter

Chamá-los de dinossauros do rock é colocar essa banda no lugar comum. Muitos são os grupos dos anos 60/70 que se encaixam nessa categoria, mas como os animais pré-históricos, foram extintos. É a velha lei da natureza, só os fortes sobrevivem.

Está certo que há muito tempo que o Deep Purple não lança um trabalho digno de seu nome. Bons álbuns e shows calcados mais nos clássicos. E daí? Os Stones seguem a mesma linha, ou não? O que importa é que os clássicos do Purple são eternos. É bastante comum observamos nas casas de shows os coroas e a molecada agitando junto e cantando todas as letras. É a prova de que o som bom dura para sempre.

Depois de idas e vindas, dos membros originais apenas o batera Ian Paice marca presença até hoje. Os também antigos Roger Glover e Ian Gillan também estão lá, ao lado do tecladista Don Airey e o espetacular guitarrista Steve Morse. Morse já possuía uma carreira de respeito tendo sido eleito o “melhor guitarrista do mundo” por cinco anos consecutivos pelos leitores da revista Guitar Player. Se juntou ao Deep Purple em 1994 e susbstitui a altura o lendário (e problemático) guitarrista Ritchie Blackmore.

Para se ter noção da importância do Deep Purple na história do rock, o riff de “Smoke On The Water” foi eleito, em 2008, o “maior riff de todos os tempos”, à frente de “Smells Like Teen Spirit” (Nirvana), “Sweet Child O Mine” (Guns N Roses), “My Generation” (The Who) e “Born To Be Wild” (Steppenwolf). A escolha foi feita por alunos da escola técnica de música de Londres, uma das maiores e mais conceituadas do mundo.

Deep Purple resiste ao tempo e aqui no Musig você pode ouvir e baixar alguns de seus maiores clássicos. Confira agora.

Autor: - Categoria(s): Sem categoria Tags:

Ver todas as notas

Os comentários do texto estão encerrados.

Voltar ao topo